sosmotorista@sosmotorista.com.br 

Compartilhar FaceBook

  Navegando ...
 













Vá Tranqüilo , fazendo antes uma visita ao 
SOS MOTORISTA




Endereço de outras Clínicas Credenciadas na Cidade de São Paulo
Divididas por Zonas



      O Exame Psicotécnico para Motoristas e suas características :

O EXAME PSICOTÉNICO É EXIGIDO PARA A PRIMEIRA HABILITAÇÃO E TAMBÉM PARA OS PROCESSOS DE RENOVAÇÃO CONFORME NORMAS DO DETRAN.
Exame Psicotécnico e/ou Sanidade Física e Mental para habilitação, reabilitação, Diretores e instrutores de auto-escola e renovação da Carteira Nacional de Habilitação.

EXAME DE PSICOTÉCNICO

O Exame de Psicotécnico da forma como é realizado hoje, foi instituído desde 1975, em convênio entre a Universidade e o Detran. A partir de 2004 a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Unicentro .FAU é responsável pela parceria com o Detran.
Os candidatos à carteira de habilitação realizam suas inscrições junto aos Centros de Formação de Condutores, mediante pagamento de uma taxa da qual a FAU recebe uma porcentagem. A Ciretran se responsabiliza pelo agendamento dos candidatos.
Os médicos e psicólogos responsáveis pelo exame de Sanidade Física e Mental são credenciados pelo DETRAN e contratados pela FAU.
A FAU é responsável pela aplicação do Exame Psicotécnico. São aplicados testes de Atenção Concentrada, Percepção, Viso Motor, Destreza Manual e Projetivos.
Todos os procedimentos seguem as determinações da Resolução nº 80 do Código de Trânsito Brasileiro e outras normas advindas do DETRAN.


DICAS PARA ENFRENTAR UM EXAME PSICOTÉCNICO

O conhecimento técnico é importantíssimo para qualquer profissional garantir sua empregabilidade. Mas não apenas isso. Num mercado que cada vez mais valoriza um conjunto de habilidades e competências, as características de personalidade decidem quem é mais apto para ocupar determinada vaga.
Como são  medidas estas características, num processo de seleção? Por meio de entrevistas e diferentes testes individuais ou em grupo. Como se trata de uma avaliação de personalidade, não há respostas certas ou erradas. Mas, existem algumas dicas que podem ajudá-lo a sair-se bem neste processo. Verifique:
Trate de entender o que o selecionador está pedindo e responda de acordo com as instruções dadas.
Tenha uma atitude positiva em relação aos testes, mesmo que não goste deles. Lembre-se de que, em seu trabalho, você terá de executar muitas tarefas que não lhe agradam, mas que serão importantes para atingir seu objetivo.
Controle seu nervosismo. A tranqüilidade durante os testes vai ajudá-lo a demonstrar melhor sua capacidade pessoal e profissional.
Seja o mais natural e autêntico possível. Não adianta preparar respostas, porque um selecionador esperto vai perceber isso e mudar as perguntas.
Não tente se preparar para um psicotécnico. Primeiro, porque não há respostas  certas ou erradas para eles. Depois, porque todos trazem embutidos verdadeiros detectores de mentira muito bem dissimulados, justamente para apanhar quem já tem conhecimento prévio deles e tenta, com isso, manipular os resultados.
Não se preocupe em ir bem nos testes psicotécnicos. Apenas, seja você mesmo, sem atitudes artificiais. Os recrutadores têm muitos casos para contar de pessoas que simularam um comportamento que não era o delas, por achar que era isso que a empresa esperava dele. E, no achômetro, acabou por dar-se mal, porque o selecionador não se sentiu confiante em contratar alguém que precisava fingir ser o que não era para poder conquistar um emprego.

Para finalizar, anote na sua memória um velho ditado: 

"Não existe melhor disfarce que a verdade."

Por Cristina Spera

 
Home Clínicas Exames Fale Conosco
SOS MOTORISTA
Copyright - 2012